Dica musical – Alex Clare

Na dica musical dessa semana, trazemos toda a sonoridade e modernidade de Alex Clare.

, por Thiago Arzakom

Dica musical – Alex Clare

Na dica musical dessa semana, trazemos toda a sonoridade e modernidade de Alex Clare.

, por Thiago Arzakom

Olá, críticos! Tudo bem?

Depois de trazer a doce Ella Henderson na última dica musical, dessa vez trago um autêntico gentleman pra vocês.

O nome dele é Alex Clare, um inglês de 27 anos, bem humorado (olha só o início dessa entrevista), de fala mansa e barba ruiva por fazer. Tudo bem que, ultimamente, ele apareceu com a barba bem grandinha (bears gonna love), mas só realça a vibe indie que ele tem.

Falando em estilo, não dá para definí-lo. Seu primeiro CD, chamado “The Lateness of the Hour”, é produzido por Mike Spencer e Major Lazer. Para quem não conhece, Spencer produziu de Kylie Minogue a Jamiroquai, passando por Labirinth e Emeli Sandé. Já a dupla de DJs contibuiu para a musicalidade de Snoop Dogg, No Doubt e Beastie Boys.

alex-clare-album-cover

Alex Clare – The Lateness of the Hour

Alguns críticos categorizam seu som como sendo “soul com dubstep”. Eu prefiro acreditar que é música moderna, com influência do indie, do pop, do eletrônico, do R&B e de tudo o que há de mais contemporâneo para o rádio, pista e até comercial de TV, que inclusive comentamos hoje mais cedo.

Eu amo/sou “Too Close”, que chegou na 4ª posição no Reino Unido, 8ª nos Estados Unidos e 1ª na Alemanha. Tenho certeza que você também vai adorar. Dê play e confira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *