Religião e Hollywood

Uma lista com as 10 melhores produções cinematográficas sobre esse gênero.

, por Francisco Carbone

Religião e Hollywood

Uma lista com as 10 melhores produções cinematográficas sobre esse gênero.

, por Francisco Carbone

Falamos sobre nossa relação com religião, religiosidade e fé em nosso mais recente podcast. Clique aqui para ouví-lo! O tema foi muito polêmico e rendeu um debate muito saudável. Inspirado na conversa, nosso cinéfilo Francisco Carbone preparou uma lista com os dez melhores filmes sobre religião que Hollywood já viu. Preparados para os comentários?

header_paixaodecristo
A Paixão de Cristo | Talvez o mais rentável filme religioso da história, o diretor Mel Gibson foi extremamente ousado e arriscado na escolha do tratamento para os últimos dias de Jesus Cristo (conforme descrito na Bíblia). Violento, graficamente e psicologicamente, o filme não poupa o espectador da crueldade pelo qual passou o filho do Criador. Ao mesmo tempo em que foi rigoroso com os aspectos técnicos (e conseguiu 4 indicações ao Oscar), Gibson rodou seu filme todo em hebraico e tratou de impedir que ele fosse dublado ao redor do mundo. Ou seja: uma experiência extrema, que nem todos conseguem levar adiante.

header_marcelino
Marcelino Pão e Vinho | Para muita gente, é o filme definitivo sobre a pureza da fé. O pequeno Marcelino foi criado por 12 monges num mosteiro, após ser abandonado por lá, ainda bebê. Levado, esperto e muito curioso, o pequeno vive aprontando em seu dia a dia. Mas o proibido chama a atenção de qualquer criação e ele vai investigar o sótão do qual sempre foi mantido afastado. Lá, ele vai aprender algo de que nem tem conhecimento ainda: o significado. Prepare os lencinhos porque a tradição do filme é arrancar rios do público.

header_habemuspapam
Habemus Papam | Nesses tempos de papado recém iniciado, nada melhor do que citar essa recentíssima e super oportuna produção. Na trama fictícia (será?), vemos um conclave escolher um novo Pontífice, justamente o mais indeciso e perdido entre eles. Sem saber o que fazer, ele precisa de um tempo pra si… e o que fazer quando se tem e não se tem um Papa, de fato? O eleito, quer se encontrar e sai pelas ruas da cidade; em Roma, um psicanalista tenta colocar ordem no caos que se forma com o sumiço do novo Papa. O diretor Nanni Moretti constrói com maestria um filme que até enxerga leveza nessa situação, mas que mexe com uma seriedade extrema sobre uma questão que talvez nunca tenha se pensado: e se o Papa não quisesse ser Papa?

header_aarvoredavida
A Árvore da Vida | O gênio Terrence Malick sempre lidou com a religião e a fé nos seus trabalhos. A máxima do tema chegou há 2 anos, quando ele literalmente falou sobre a criação do mundo e de como lidamos com a fé quando uma tragédia se abate em nossas vidas. O filme traz metáforas que unem a história de uma família americana dos anos 60 ao olhar de Deus e de Nossa Senhora sobre a humanidade. Belo estudo sobre como apenas a fé pode nos criar e nos salvar. Mais uma obra-prima de um diretor com religiosidade aflorada, mas que se mantém um provocador nato.

header_aultimatentacaodecristo
A Última Tentação de Cristo | Muitos urraram quando Martin Scorsese escolheu adaptar o polêmico livro de Nikos Kazantzakis, que mostraria os últimos momentos de Cristo na crucificação, onde ele se imaginaria tendo uma vida comum. Exatamente o que ninguém queria ver: Jesus pecando, casando, transando, perdido de paixão por Maria Madalena, e por aí vai. O filme fez sucesso, concorreu a todos os prêmios possíveis (merecidamente), mas pra muita gente era um vespeiro que não precisava ser tocado. A verdade é que o filme é excelente, do ponto de vista cinematográfico, e muito relevante, do ponto de vista religioso. Afinal, e se Jesus Cristo realmente tivesse optado por um caminho diferente?

header_pecadodacarne
Pecado da Carne | Como o mundo não vive exclusivamente do cristianismo, esse filme mostra um lado do judaísmo quase nunca explorado. Um pai de família, judeu ortodoxo até a raiz dos cabelos, vive sob os preceitos da religião 24 h por dia. Ao contratar um jovem para ajuda-lo no açougue da família, esse homem não imaginava que ia nutrir uma amizade cada vez mais intensa com o rapaz, a ponto dessa relação ser questionada e, a partir disso, ele se sentir tentado a ultrapassar os limites da sua religião e viver os seus desejos na totalidade. O filme questiona a fé e seu radicalismo, ao mesmo tempo em que mostra a necessidade dela. Um belo trabalho.

header_chicochavier
Chico Xavier | Nada melhor para falar sobre o espiritismo do que abordar a vida do homem que mais difundiu a religião entre nós. Que o filme também seja excelente, isso só ajudou. O diretor Daniel Filho se superou e acompanha a juventude e a idade adulta do homem que nos ensinou a acreditar e respeitar uma religião que só cresce no país. Com um elenco muito afiado, uma produção sóbria e emocionante e um ótimo roteiro, o filme, além de tudo, aborda o espiritismo com muito respeito e detalhamento, além de aprofundar um tema que cada vez mais seduz e converte pessoas no nosso país.

header_oapostolo
O Apóstolo | Um dos raros filmes a abordar a religião protestante de forma central do roteiro, a produção é estrelada e dirigida pelo monstro Robert Duvall, simplesmente estupendo nas duas funções aqui. O filme o mostra como um carismático e fervoroso pastor de uma pequena comunidade, que acaba quase cometendo um crime após descobrir a traição da mulher. Fugitivo, esse homem encontra nova identidade bem longe de sua cidade e lá, aos poucos, começa novamente a empregar sua fé, dessa vez não apenas para difundir suas palavras, mas também para encontrar perdão pessoal. Um filme muito pequeno e quase desconhecido, mas uma obra de muita relevância e grandiosidade em relação principalmente ao ato de perdoar.

header_kundun
Kundun | Mais uma vez o diretor Martin Scorsese resolveu falar sobre religião e centrou sua lente sobre um episódio envolvendo o budismo. O filme acompanha o processo de encontrar um substituto ao 13º Dalai Lama, que morreu em 1933. Quando um grupo de tibetanos descobre, 4 anos depois, um menino que pode ser a reencarnação dele, esse menino será tratado como um novo monge e educado para ser um chefe de estado. A juventude do rapaz é o foco principal do filme e ele terá de enfrentar o poderio chinês, que pretende invadir o Tibet. Tecnicamente perfeito, o filme é mais um acerto de um dos maiores diretores de todos os tempos.

header_emnomededeus
Em Nome de Deus | Baseado em várias histórias reais, o filme acompanha um grupo de jovens que serão obrigadas a se tornarem freiras, cada uma por um motivo diferente. Vemos a produção centrada em 4 jovens: uma foi estuprada pelo próprio primo; a outra foi considerada linda em excesso (sim!!!), e alvo de inveja e um perigo para a sociedade; outras se tornaram mães solteiras. Todas elas serão obrigadas a fazer os votos, além de serem semi-escravizadas no convento em questão. Uma história sobre como não devemos direcionar nossa fé, num mundo onde muito pouco parecer ter a ver sobre ela realmente.

Gostou das dicas? Já viu algum dos filmes? Fique a vontade e comente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *