X Factor UK: quem venceu o programa?

Um resumão do que rolou de bom e ruim na edição 2012 do The X Factor UK.

, por Thiago Arzakom

X Factor UK: quem venceu o programa?

Um resumão do que rolou de bom e ruim na edição 2012 do The X Factor UK.

, por Thiago Arzakom

Sou um viciado em competições musicais: The Voice, American Idol, Britain’s Got Talent e, minha preferida, The X Factor. Nesse ano, a versão britânica do X Factor consagrou James Arthur como campeão, mas muita coisa aconteceu até a final e muita gente se destacou. Fiz um resumão do que, pra mim, foram as grandes surpresas do programa.

A versão 2012 do XF-UK tinha tudo para ser girl power. Ótimas candidatas, vozes únicas, estilos diferentes, uma variedade de mulheres talentosas. Logo no wild card, onde o público podia escolher um dos eliminados na Judge’s House para compor o top 13, Amy Mottram era a favorita, mas perdeu a vaga para o chatíssimo Christopher Maloney. A bela Carollynne Poole tentou pela segunda vez e entrou para representar a música country, só que acabou sendo a menos votada logo na primeira semana. Acabou perdendo para a diva Rylan Clark numa eliminação polêmica, onde seu mentor, Gary Barlow, saiu do palco indignado. Outra do time do Gary, Melanie Masson, a Janis Joplin dessa edição, foi eliminada injustamente no paredão com o grupo Distric3. Uma das perdas femininas mais sentidas. Até aí, Tulisa mantinha o time GIRLS intacto com Ella, Jade e Lucy invictas. Porém a urucubaca foi forte! Lucy, aquela que conseguiu colocar sua música de audição em 1º lugar no iTunes, ficou doente e saiu da competição. Na semana anterior, Jade estreava no bottom e, sem sorte, foi eliminada pelos jurados. Uma sucessão de surpresas ruins, que, aos poucos, foi minando a possibilidade de uma mulher vencer o programa.

Como eu já havia comentado por aqui, minha grande aposta dessa edição era a Ella Henderson. A mini-Adele de 16 anos tem um vozeirão, inteligência musical e talento para ninguém questionar. Porém, a mandinga contra o time da  Tulisa foi forte! No TOP 6, Ella foi parar no bottom com nada mais nada menos do que James Arthur, outra, até então, grande aposta. Os jurados, indignados, mandaram a decisão para o público, que votou menos em Ella. A divinha deixou a competição com a esperança de que alguém a contrate. Li notícias de que três grandes gravadores estão negociando com ela, mas nenhuma fechou nada. Apenas torcendo por ela.

Quando eu digo que essa edição do X Factor tinha tudo para ser GIRL POWER e não foi, eu me corrijo: FOI SIM! Apesar de o TOP 5 ter sido composto por candidatos do sexo masculino,  o programa teve seu grande destaque: Nicole Scherzinger! Depois de uma temporada conturbada no X Factor USA, onde foi a jurada mais odiada após “eliminar” Rachel Crow, Nicole deu a volta por cima no UK. Foi a única jurada a conseguir colocar dois candidatos na final, além de proporcionar uma das apresentações mais incríveis da competição, quando seu microfone falhou e ela dividiu os vocais com seu pupilo Jahmene Douglas. Nicole foi tudo aquilo que eu espero de um jurado: vestiu a camisa dos seus acts, soube guiá-los e ajudá-los na evolução dentro do programa, sabia se posicionar diante das críticas dos outros jurados, teve um carisma indiscutível e foi muito divertida. Como não amá-la cantando “Vaginas” com o James, ou indo pra depilação com o Rylan, ou tendo um dia de ajudante no supermercado com o Jahmene? Sem contar no viral “no baby, no” e na performance sem microfone na final do programa.

Sobre o campeão James Arthur, só elogios. Depois que vi a lista com os números das votações semanais, percebi que ele nunca foi um super querido. Pelo contrário, esteve várias vezes entre os menos votados. Porém, conseguiu mostrar seu talento e conquistar o público com seu drama, dor e paixão nas interpretações. A versão dele para “Impossible”, da Shontelle, é uma das músicas mais dolorosas e incríveis que já vi e ouvi.

No geral, não foi a melhor temporada do programa. A audiência ficou muito a baixo dos anos anteriores, muitas injustiças foram cometidas com alguns candidatos e os jurados, tirando a Nic, foram muito descompromissados com seus candidatos. Para o próximo ano, os jurados não devem ser os mesmos, só a Nicole deve continuar. Será que vão conseguir números melhores? Estarei aqui, assistindo e comentando. =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *